Força da categoria faz avançar proposta do TST – CONFIRA CALENDÁRIO DE ASSEMBLEIAS

Após muitos meses de mobilização, pressão da empresa, assédio e práticas antissindicais, a campanha reivindicatória da categoria petroleira pode estar chegando a uma conclusão

Desde a última negociação e tentativa de conciliação, a FUP e seus sindicatos insistiram na resolução de seis pendências: hora extra; turno de 12h mediante negociação local; AMS; Promoção por tempo de companhia; mensalidade sindical e vigência do ACT.

Diante a pressão da aprovação da greve nacional, na sexta-feira, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) apresentou nova contraproposta de acordo, acatando parcialmente as demandas aprovadas nas últimas assembleias para fechar o acordo, principalmente nos pontos que impunham a divisão da categoria.

Diante dessa proposta, as entidades sindicais indicam a aprovação do acordo. Caso a Petrobrás e as subsidiárias não aceitem o proposto pelo TST, a nossa mobilização será fundamental para fazer valer o resultado da mediação, que a própria gestão da empresa solicitou.

Confira aqui o documento  TST_Documento_2322f7f

 

Mensagem do coordenador da FUP, José Maria Rangel


Confira o calendário de assembleias, que começam nesta terça-feira, participe, vote e fortaleça ainda mais a luta da categoria petroleira.  

EDITAL DE CONVOCAÇÃO – DE ASSEMBLEIAS GERAIS EXTRAORDINÁRIAS

Pelo presente edital, a diretoria colegiada do Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo, inscrito no CNPJ sob N° 07.550.157.0001-30, em conformidade com as disposições constantes no artigo 57, do Estatuto do Sindicato, convoca os trabalhadores da Petróleo Brasileiro S.A – PETROBRÁS, Petrobrás Transporte S.A – TRANSPETRO e Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil S.A – TBG, para assembleias gerais extraordinárias a serem realizadas nos dias, horários e locais abaixo discriminados, para discutir, apreciar e deliberar sobre a seguinte pauta:

1) Aprovação da proposta apresentada pelo TST no dia de hoje (25/10), com suspensão da greve convocada para a 00h 01min do dia 26/10/2019;

2) Se a Petrobrás não aprovar a nova proposta apresentada em 25.10.2019, pelo TST, a greve pelo Acordo Coletivo será retomada, em data a ser posteriormente definida pela FUP.

Calendário das assembleias

(Terça-feira) 29/10

6h – Grupo 1 – UTE LCP

6h30 Grupo 4 – UTE LCP

7h30 Terminal de Guararema

8h Grupo 3 – REPLAN

15h Grupo 5 – REPLAN

15h – Turno D – RECAP

22h – Grupo 3 – UTE LCP

22h30 – Grupo 2 – UTE LCP

23h – Grupo 1 – REPLAN

23h – Turno C – RECAP,


(Quarta-feira) 30/10

7h30 – Terminal de São Caetano do Sul

13h30 – EDISP2


(Quinta-feira) 31/10

6h – Grupo 5 – UTE LCP

7h – HA – UTE LCP

7h – Turno A e HA – RECAP

7h – Terminal de Barueri

7h – Terminal de Guarulhos

           7h30 – Terminal de Brasília

13h30 – ESBRAS

15h – Turno B – RECAP

15h – Grupo 2 – REPLAN

23h – Grupo 4 – REPLAN

14h – Sede Regional São Paulo


(Sexta-feira) 01/11

7h – UTE FEG

7h30 – HA e TRANSPETRO – REPLAN

           7h30 – Terminal de Senador Canedo

17h – Sede Regional Campinas


(Segunda-feira) 04/11

7h – Turno E – RECAP

7h30 – Terminal de Uberlândia

8h – TBG Hortolândia

11h – Sede Regional Mauá

13h – TBG Campinas

13h30 – EDICON

13h30 – Terminal de Uberaba

13h30 – Terminal de Ribeirão Preto.

Todas as assembleias serão realizadas nas portarias das unidades e sedes regionais em segunda convocação nos horários divulgados acima.

São Paulo, 27 de outubro de 2019 – Juliano Deptula Lima – Coordenador Geral

Notícias Relacionadas

Assembleias dão início à resposta dos petroleiros para pauta da Petrobrás

Luiz Carvalho

Assembleias apontam caminho da luta e resistência

Andreza de Oliveira

Petroleiros(as) do Unificado rejeitam proposta do TST

Andreza de Oliveira