• Home
  • Unificado
  • Notícias da semana: entrevista com Estrella, denúncia na ONU, sonho de DD…

Notícias da semana: entrevista com Estrella, denúncia na ONU, sonho de DD…

Brasil soberano

Para ampliar a luta por um Brasil soberano foi lançada no dia 4, em ato na Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, do Emprego e Contra as Privatizações. O ato realizado na Câmara dos Deputados, em Brasília. Diversas entidades sociais, sindicais e personalidades políticas, como Fernando Haddad, Dilma Rousseff e Guilherme Boulos participaram do evento.



(foto:  Fernando Frazão/Agência Brasil)

Ambições a jato

O procurador Deltan Dallagnol considerou se candidatar ao Senado nas eleições de 2018, revelam mensagens trocadas via Telegram e divulgadas pleo Intercept. Dallagnol chegou a se considerar “provavelmente eleito” e avaliou a possibilidade de “o MPF lançar um candidato por Estado” — em evidente atuação partidária do Ministério Público Federal, proibida pela Constituição.


O brasileiro está sendo saqueado

O geólogo e ex-diretor de EP da Petrobrás, Guilherme Estrella, considerado o “Pai do Pré-Sal”, declarou que “Os proprietários da Petrobrás somos nós, o povo brasileiro, que está sendo roubado, Está sendo saqueado nos seus direitos de proprietário da Petrobrás por um governo que quer esquartejar o sistema e vender as refinarias”. https://www.cut.org.br/noticias/o-povo-brasileiro-esta-sendo-saqueado-alerta-o-pai-do-pre-sal-86ef


Vazamento na Braskem Bahia

No dia 30/08 os trabalhadores da Fafen-BA e da Braskem sentiram forte odor de Amônia devido a um vazamento ocorrido durante os preparativos para a hibernação da Fábrica de Fertilizantes. O alarme não soou, mas equipes de evacuação se dirigiram à portaria. Parte do ADM 1 da Braskem foi esvaziado devido ao vazamento, segundo informações da Central de Comunicação da empresa.


Lambe botas censurado

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre censurou a exposição de charges, Independência em Risco; pois em um dos trabalhos, do cartunista Lattuf, Bolsonaro aparece lambendo as botas de Donald Trump. O vereador Marcelo Sgarbossa criticou a decisão da casa, segundo ele, a charge é uma crítica política à subserviência do atual governo e não se trata de ofensa pessoal.


Democracia em risco

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Instituto Vladimir Herzog fizeram, no dia 10/9 uma denúncia formal à ONU contra o governo Bolsonaro, por retrocesso na democracia e apologia à ditadura militar. Entre as informações que serão repassadas à ONU estão as ações do governo para esvaziar a Comissão de Desaparecidos políticos.


Justiça paralisada

Apenas no Rio de Janeiro, 140 investigações estão paradas no Departamento de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro, após o presidente do STF, Dias Toffoli, interromper em todo o país inquérito embasado em relatórios de inteligência financeira que não tivessem autorização judicial. A medida paralisa as investigações sobre o assassinato de Marielle Franco e beneficia Flávio Bolsonaro, entre outras consequências.

 


Mais ataques aos sindicatos

O governo baixou no dia 4/9 portaria 1001/19 instituindo um Grupo de Trabalho “com o objetivo de avaliar o mercado de trabalho brasileiro sob a ótica da modernização das relações trabalhistas e matérias correlatas”. O GT, composto apenas por juristas alinhados ao espectro ideológico do governo, vai elaborar, também, mudanças na atividade sindical.  Confira a íntegra em http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-1.001-de-4-de-setembro-de-2019-214576646