Bronca do Peão: o gerente “CaraDeBozo” ataca outra vez na Refinaria de Capuava

Dessa vez, esse sujeito que não vale o que o “gato enterra” chamou os trabalhadores em conversas “intimistas” para perguntar se eles participariam da greve

bronca do peão
Parece que o raio, infelizmente, cai duas vezes no mesmo lugar

Por Bronca do Peão*

Dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar, não sei se isso é verdade, mas a estupidez e a prepotência, essas nunca vão embora, aqui na Refinaria de Capuava (Recap) ela habita o WhatsApp e a cabeça do gerente “CaraDeBozo”.

Em abril desse ano, esse “querido” aprontou ao propagar fake news e acusar o Sindipetro de incentivar ataques a trabalhadores que não aderiram a movimentos grevistas. Pura balela e mentira, enquanto ele fofocava e inventava estórias, os trabalhadores seguravam a refinaria na unha durante uma emergência, com profissionalismo, mesmo sem terem recebido os seus adiantamentos. Mas como limite não é algo que pessoas como ele entendem, decidiu aprontar mais uma.

Dessa vez, convocou todos os novos trabalhadores de seu setor para uma conversa mais “intimista” na qual perguntou se eles fariam ou não greve. Qual a razão para isso nesse momento? É simples, a ideia dele é intimidar os trabalhadores, muitos que sequer assumiram áreas e que vieram de outras unidades.

Por trás disso, está uma outra ameaça que é a de devolução desses trabalhadores aos seus locais de origem, destruindo assim a possibilidade de muitos que encontraram aqui na Recap, em Mauá (SP), um novo início de suas carreiras e vidas.

Leia também: As fake news do pelego gerencial

O nome disso é assédio moral e ele sabe disso. A pergunta é: qual a posição de seus pares? Eles concordam com isso? Seus superiores seguirão fingindo que não percebem o que ele vem fazendo? O gerente-geral, que dizem que já o conhecia antes, vai mais uma vez passar a mão na cabeça do pupilo? Não pensem que os trabalhadores ficarão calados aguardando os desmandos desse “jênio”, vamos reagir à altura das ações.

Como já dissemos, essa empresa é cíclica e o mundo gira, gente como ele são os primeiros a serem abandonados quando os ventos mudam, dessa vez estamos atentos também àqueles que o acobertam, não pense que esqueceremos.

No fundo temos pena de gente como ele, trata-se de um indivíduo cheio de complexos de inferioridade, esconde-se atrás de uma mesa e de um crachá de gerente buscando talvez superar a pequenez de sua alma ou ainda algo que lhe envergonhe. A Petrobrás deveria lhe dar apoio psicológico, com certeza. Tanta incompetência e tirania não podem ser tratadas como algo normal.

Mas fique tranquilo, quando eles, que você ama lamber botas, te descartarem, estaremos aqui para proteger seu emprego, mesmo você não valendo o que o “gato enterra”. Seguimos na luta e rindo de suas mensagens desesperadas nos grupinhos de WhatsApp!

* Texto enviado por petroleiro que preferiu não se identificar.

Posts relacionados

Bronca do Peão: “Simulouco na Recap”

Sindipetro-SP

Recap: Sindipetro-SP convoca setoriais sobre escala de turno

Guilherme Weimann

CIPA: Petroleiros da Recap podem se candidatar até o dia 22 de novembro

Guilherme Weimann