Trabalhador da ServSan (UTE-LCP) é demitido após voltar de férias

Por Alessandra Campos

Mais um funcionário da ServSan foi demitido na UTE LCP, em Três Lagoas. Dessa vez, o fiscal fake da termelétrica, que age com autoritarismo e arbitrariedade, dispensou o jardineiro, sem nenhum motivo justificável.

O trabalhador estava de férias e no seu retorno à empresa ficou esperando o transporte buscá-lo, o que não aconteceu. Horas depois, o preposto da ServSan entregou a ele a demissão com a dispensa de cumprimento do aviso prévio.

A situação foi de total descaso. O empregado sequer foi avisado com antecedência  de sua demissão.  E, segundo relatos que chegaram ao Sindicato, o tal fiscal teria  dito ainda que se algum petroleiro achasse ruim que, então, pagasse o salário do funcionário que estava sendo dispensado.

O empregado prestava serviços na UTE há cerca de 15 anos e, de acordo com os colegas, o trabalho de jardinagem por ele executado sempre foi motivo de elogios.

Posts relacionados

Edital de Convocação de Assembleias

Ademilson Costa

Trabalhadores denunciam que Petrobrás vende materiais novos como sucata

Guilherme Weimann

Petrobrás ignora surto de covid em Três Lagoas e convoca petroleiros para manutenção

Luiz Carvalho