Sindipetro organiza setoriais online com base petroleira

Para se adequar às necessidades impostas pelo isolamento social, Sindipetro realizará reuniões setoriais com a categoria pela internet

Por Guilherme Weimann

Desde abril, as regionais do Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP) realizam setoriais com suas bases com o objetivo de acolher as demandas e necessidades dos petroleiros. Para se adequar ao isolamento social imposto pela pandemia da covid-19, as reuniões são realizadas por meio da plataforma Hangouts Meet. Para os que forem participar das reuniões pelo celular é necessário baixar o aplicativo que está disponível para dispositivos Android e iOS.

De acordo com a dirigente do Unificado e da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Cibele Vieira, a categoria precisa criar canais de diálogo para elaborar estratégias e encaminhar ações contra as medidas unilaterais da Petrobrás, aprofundadas desde o início da crise sanitária.

“Essa atual gestão da Petrobrás, desde que assumiu, tem essa característica de não negociar com os sindicatos. Ela não reconhece o sindicato sem que haja um mediador. E com essa dificuldade de mobilização dos petroleiros [nesse período de coronavírus] a Petrobrás tem se aproveitado ainda mais para impor medidas unilaterais. Por isso é necessário criar essa alternativa para reunir a categoria”, explica Vieira.

Desrespeitando todos os pressupostos da Constituição e do Acordo Coletivo de Trabalho, a presidência da estatal tomou decisões de não negociar ou consultar os respectivos sindicatos da categoria petroleira. Até agora, a presidência da companhia anunciou cortes de jornada e remuneração, desimplantou trabalhadores de plataformas e refinarias, hibernou diversas unidades, lançou mais um Programa de Demissão Voluntária (PDV) e causou, por negligência, a contaminação de centenas de operários.

“A Petrobrás não está fazendo negociações, apenas reuniões informativas. Ela testa o limite para, às vezes, recuar. Para romper com isso é necessário envolver cada vez mais a categoria. Por isso, vamos fazer essas reuniões para escutar a base e trazer as propostas que já estão em curso”, afirma Vieira.

Nos dias 5 e 13 de abril, a FUP enviou propostas ao Ministério Público do Trabalho (MPT) para minimizar os efeitos da pandemia na Petrobrás. Dentre as medidas, o documento propõe redução da remuneração de forma isonômica, cancelamento do Programa de Prêmio por Performance (PPP) e impedimento do aumento das bonificações aos diretores, o que totalizaria R$ 4,4 bilhões de economia aos caixas da empresa.

Em toda a base do Unificado-SP, os links para acesso das reuniões setoriais serão disponibilizados nos respectivos grupos de diálogo dos trabalhadores nas regiões. A direção aconselha a já deixar o aplicativo instalado.

Confira abaixo as datas:

 

REGIONAL CAMPINAS (REPLAN) e TRÊS LAGOAS (UTE LCP):

Quinta-feira (14), às 16h30

Acesso para a reunião via Google Meet: https://meet.google.com/not-mrry-cti

 

Posts relacionados

Petroleiros da Replan e Recap aprovam tabela de oito horas da RPBC

Luiz Carvalho

Petroleiros conquistam primeira vitória contra venda de refinarias no STF

Guilherme Weimann

Greve dos Correios completa um mês nesta quinta (17) com atos em todo o país

Luiz Carvalho

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Clique aceitar se você está de acordo ou pode cancelar, se desejar. Aceito Ler Mais

Política de Privacidade