• Home
  • Unificado
  • Sindipetro organiza setoriais online com base petroleira

Sindipetro organiza setoriais online com base petroleira

Para se adequar às necessidades impostas pelo isolamento social, Sindipetro realizará reuniões setoriais com a categoria pela internet

Por Guilherme Weimann

Desde abril, as regionais do Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP) realizam setoriais com suas bases com o objetivo de acolher as demandas e necessidades dos petroleiros. Para se adequar ao isolamento social imposto pela pandemia da covid-19, as reuniões são realizadas por meio da plataforma Hangouts Meet. Para os que forem participar das reuniões pelo celular é necessário baixar o aplicativo que está disponível para dispositivos Android e iOS.

De acordo com a dirigente do Unificado e da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Cibele Vieira, a categoria precisa criar canais de diálogo para elaborar estratégias e encaminhar ações contra as medidas unilaterais da Petrobrás, aprofundadas desde o início da crise sanitária.

“Essa atual gestão da Petrobrás, desde que assumiu, tem essa característica de não negociar com os sindicatos. Ela não reconhece o sindicato sem que haja um mediador. E com essa dificuldade de mobilização dos petroleiros [nesse período de coronavírus] a Petrobrás tem se aproveitado ainda mais para impor medidas unilaterais. Por isso é necessário criar essa alternativa para reunir a categoria”, explica Vieira.

Desrespeitando todos os pressupostos da Constituição e do Acordo Coletivo de Trabalho, a presidência da estatal tomou decisões de não negociar ou consultar os respectivos sindicatos da categoria petroleira. Até agora, a presidência da companhia anunciou cortes de jornada e remuneração, desimplantou trabalhadores de plataformas e refinarias, hibernou diversas unidades, lançou mais um Programa de Demissão Voluntária (PDV) e causou, por negligência, a contaminação de centenas de operários.

“A Petrobrás não está fazendo negociações, apenas reuniões informativas. Ela testa o limite para, às vezes, recuar. Para romper com isso é necessário envolver cada vez mais a categoria. Por isso, vamos fazer essas reuniões para escutar a base e trazer as propostas que já estão em curso”, afirma Vieira.

Nos dias 5 e 13 de abril, a FUP enviou propostas ao Ministério Público do Trabalho (MPT) para minimizar os efeitos da pandemia na Petrobrás. Dentre as medidas, o documento propõe redução da remuneração de forma isonômica, cancelamento do Programa de Prêmio por Performance (PPP) e impedimento do aumento das bonificações aos diretores, o que totalizaria R$ 4,4 bilhões de economia aos caixas da empresa.

Em toda a base do Unificado-SP, os links para acesso das reuniões setoriais serão disponibilizados nos respectivos grupos de diálogo dos trabalhadores nas regiões. A direção aconselha a já deixar o aplicativo instalado.

Confira abaixo as datas:

 

REGIONAL CAMPINAS (REPLAN) e TRÊS LAGOAS (UTE LCP):

Quinta-feira (14), às 16h30

Acesso para a reunião via Google Meet: https://meet.google.com/not-mrry-cti

 

Notícias Relacionadas

Live debate rumos do sindicalismo a partir da desvalorização do trabalho formal

Guilherme Weimann

ELEIÇÕES SINDICAIS – EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Ademilson Costa

Petroleiros definem Comissão que conduzirá escolha da nova diretoria do Sindipetro

Guilherme Weimann