• Home
  • Destak 1
  • SindiPapo chega à 10ª edição com participação especial de Dilma Rousseff

SindiPapo chega à 10ª edição com participação especial de Dilma Rousseff

Nesta sexta-feira (12), live do Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo contará com participação especial da ex-presidenta

A diretora da FUP, Cibele Vieira, recebe a ex-presidenta Dilma Rousseff para um bate-papo nesta sexta-feira (12)

Na próxima sexta-feira (12), data em que se comemora o dia dos namorados, muitas pessoas poderão matar a saudade da ex-presidenta. A 10ª edição do SindiPapo, live organizada pelo Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado), contará com a participação especial de Dilma Rousseff (PT).

O bate-papo, marcado para às 17 horas, também terá a presença da diretora da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Cibele Vieira. A ex-presidenta comentará sobre o início da sua trajetória política, os motivos que levaram ao golpe que resultou no seu impeachment em 2016, os riscos do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) e os rumos da maior estatal brasileira – a Petrobrás.

De 2003 a 2005, no primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff chefiou o Ministério de Minas e Energia. No momento em que assumiu a pasta, em 2003, também passou a comandar o Conselho de Administração da Petrobrás, função que exerceu até 2010.

Neste período no qual ficou à frente do Conselho, a estatal realizou a descoberta de uma das maiores reservas de petróleo do mundo, o pré-sal. Além disso, o valor de mercado da companhia saltou mais de 1.000% e o lucro líquido acumulado foi de R$ 245,9 bilhões.

Participação do público

Esta edição do SindiPapo abrirá a possibilidade de interação do público por meio audiovisual. As pessoas interessadas em fazer perguntas à ex-presidenta poderão enviar vídeos para o WhatsApp do Sindipetro (19 99842-4812) ou publicá-los em seus próprios perfis do Instagram, com a marcação “@unificadosp”.

A pessoa deve se identificar (nome e sobrenome), informar sua instituição e/ou cidade, e deixar sua pergunta à ex-presidenta Dilma. O formato do vídeo é horizontal e não deve ultrapassar 20 segundos. É indicado que o local de gravação seja iluminado e sem ruído.

SindiPapo

A série de lives do Sindipetro Unificado começou no dia 17 de abril, como uma alternativa de diálogo e reflexão após o início da pandemia do novo coronavírus. Desde então, houve nove debates transmitidos ao vivo pelo canal do YouTube e pela página do Sindipetro no Facebook, além dos compartilhamentos nas páginas de parceiros.  

Com o avanço e repercussão da iniciativa, houve uma votação virtual para escolher um nome para a live. O SindiPapo, mais popular entre os internautas, já recebeu figuras como o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos; o economista e professor da Unicamp, Marcio Pochmann; o ex-ministro da Defesa e das Relações Exteriores, Celso Amorim; o jornalista e editor do Observatório De Olho nos Ruralistas, Alceu Castilho; a professora de economia da Unicamp, Marilane Teixeira;  a ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci; o economista e coordenador do Ineep, Rodrigo Leão; a assessora de Políticas LGBTQIA+ de Araraquara (SP), Filipa Brunelli; e a deputada estadual de São Paulo, Leci Brandão (PCdoB). Todas as lives também tiveram a presença de diretores da FUP.

Confira a última edição do SindiPapo, realizada na última sexta-feira (5), que teve como tema “Democracia e os quatro poderes: quem comanda o Brasil”:

Notícias Relacionadas

Live debate rumos do sindicalismo a partir da desvalorização do trabalho formal

Guilherme Weimann

Salários errados e falta de pagamento viram rotina na Petrobrás

Luiz Carvalho

Mais uma vez, Petrobrás impõe regras sobre teletrabalho de forma unilateral

Guilherme Weimann