Sindicato pede anulação da eleição da CIPA, na termelétrica de Três Lagoas

A direção do Unificado enviou, dia 07/01, um ofício à gerência da UTE Luiz Carlos Prestes, em Três Lagoas (MS), solicitando anulação do processo eleitoral da Cipa, realizado entre 3 e 7 de dezembro de 2018. Segundo informações dos próprios trabalhadores, o pessoal da Operação não conseguiu votar, em função da tabela de turno aplicada e do curto período do pleito.

Terminado o processo eleitoral, e sem que o Sindicato e os trabalhadores fossem comunicados, a gestão da usina anunciou que o número de representantes da comissão, tanto titulares como suplentes, seria reduzido pela metade.

Diante disso, o Unificado está solicitando que seja realizada uma nova eleição, possibilitando a participação de todos os empregados da UTE, e com a apresentação das regras à direção sindical e aos trabalhadores.

 

Posts relacionados

Petrobrás tenta implementar turno 3×2, apesar de vitória da categoria na Justiça

Guilherme Weimann

ACT 2022: Petroleiros negociam condições justas de trabalho

Andreza de Oliveira

Petrobrás: maior taxa de lucro e menor remuneração média por trabalhador no mundo

Guilherme Weimann