Reunião da bancada da CNPBZ é marcada para o dia 5 de julho

Governo cancelou a reunião ordinária que iria ocorrer em junho, mas bancada dos trabalhadores manteve o encontro de seus representantes

O Ministério da Economia, que assumiu as funções que sempre foram pertinentes ao Ministério do Trabalho, extinto por decreto do governo Bolsonaro, comunicou que “em função de ajustes na Agenda Regulatória” a próxima reunião da CNPBz, prevista para junho, foi cancelada.
Assim, a reunião, que já estava previamente agendada, não irá ocorrer mais este semestre. “Isso é um grande atraso e mais uma demonstração de que este governo está deliberadamente destruindo os órgãos de participação e representação dos trabalhadores, é uma forma de esvaziar o importante trabalho que a Comissão vem desenvolvendo há anos”, avalia o diretor do Sindipetro Unificado e membro da CNPBz, Auzélio Alves.
Auzélio confirma, no entanto, que a reunião da bancada dos trabalhadores está mantida e irá ocorrer na regional São Paulo do Sindipetro Unificado, no dia 5 de julho, às 9h.
Para o coordenador nacional da CNPBz, Carlos Eduardo, há em curso uma mudança geral das comissões tripartite. “As coisas estão muito difíceis, a ideia do secretário é uma mudança geral. Ainda não sabemos como serão essas comissões no futuro”.

REUNIÃO da bancada dos trabalhadores da Comissão Nacional Permanente do Benzeno (CNPBz)
Dia 5 de julho, das 9h às 15h
Local : Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo
Viaduto 9 de julho, 160, Cj 2e, Centro, São Paulo (metrô Anhangabaú)

Posts relacionados

Luta contra exposição ao benzeno segue viva, mesmo com o governo Bolsonaro

Luiz Carvalho

MPT processa Petrobrás por manter 73 trabalhadores em cárcere privado na última greve

Guilherme Weimann

Exclusivo: Petrobrás coloca à venda ao menos 382 ativos durante a pandemia

Guilherme Weimann

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Clique aceitar se você está de acordo ou pode cancelar, se desejar. Aceito Ler Mais

Política de Privacidade