Replan: unidade opera fora do padrão devido ao conserto do ar-condicionado do gerente

Os painéis do SDCD da U200, da destilação, estão operando há meses acima da temperatura adequada; ontem (21), o problema seria resolvido, mas o gerente geral priorizou o conserto do ar-condicionado da sua sala

destilação
A unidade é responsável por cerca de 12,5% dos derivados de petróleo produzidos no país (Foto: André Motta de Souza/Agência Petrobrás)

Por Guilherme Weimann 

Há vários meses, os painéis do SDCD, da U200, da destilação da Refinaria de Paulínia (Replan) – a maior da Petrobrás e do país – estão operando acima da temperatura permitida, que é de 25 graus. Isso porque os dois ares-condicionados estão quebrados e, além disso, houve uma troca da empresa terceirizada responsável por fazer esse serviço de manutenção em toda a refinaria.

A nova empresa chegou a instalar três aparelhos menores, de forma paliativa, para minimizar os impactos até o conserto definitivo dos dois aparelhos que ficam nesse setor. Entretanto, para funcionar, eles precisam de uma autorização dada pelos responsáveis técnicos da refinaria chamada “Gestão de Mudança Temporária”.

Ontem, terça-feira (21), estava marcada a reunião que aprovaria o funcionamento desses aparelhos temporários. Entretanto, ela foi cancelada devido ao chamado do gerente geral, Rogério Deisson, para que os funcionários da terceirizada fossem consertar o ar-condicionado da sua sala de trabalho, que havia parado de funcionar recentemente.

Com isso, os painéis do SDCD, que enviam informações para o Centro de Controle Integrado (CCI) sobre o funcionamento da destilação, responsável por cerca de 12,5% dos derivados de petróleo refinados no país, continuaram operando acima do limite estabelecido pela própria Petrobrás. 

Essas informações foram repassadas para a reportagem por trabalhadores da Replan que preferiram não se identificar. 

Posts relacionados

Replan: inscrições para a CIPA 2024-2025 estão abertas 

Vitor Peruch

Entidades suspendem vigília no Edisen e redirecionam luta para Comissão em Brasília

Maguila Espinosa

Vigília faz Petrobrás instalar Comissão com órgãos de controle para o fim dos PEDs

Maguila Espinosa