Replan: Sindipetro-SP apoia chapa para a eleição da CIPA

A ‘partiCIPAção’ conta com 13 candidatos às 10 vagas disponíveis para os trabalhadores na comissão de prevenção de acidentes na refinaria

cipa
A eleição, que será realizada por meio eletrônico, vai até a próxima sexta-feira (12)

Começa nesta sexta-feira (5) a eleição para a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da Refinaria de Paulínia (Replan), a maior do Sistema Petrobrás e responsável por cerca de 20% dos combustíveis produzidos no país. 

Prevista em lei, a CIPA é obrigatória em empresas com mais de 20 funcionários. Sua função é reunir empregadores e empregados para fiscalizar e acompanhar as medidas de segurança no local de trabalho, visando a prevenção de acidentes. 

De acordo com o cálculo estabelecido pela Norma Regulamentadora nº 5 (NR-5), que leva em consideração o quadro de funcionários, nesta eleição serão ofertadas 6 vagas para titulares e 4 para suplentes, com mandato válido até o fim de 2023. O mesmo número de cadeiras é reservado para indicações dos gestores da Replan.

Por isso, candidatos engajados com os interesses da categoria se juntaram em uma chapa, denominada ‘partiCIPAção’, que é apoiada pela direção do Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro-SP).

Um desses candidatos, o trabalhador da inspeção Adamec Rosalles Seccoli, explica a importância da eleição: “A empresa nomeia metade da CIPA, a outra metade é eleita pelos trabalhadores. A CIPA age preferencialmente por consenso, mas algumas vezes pode ser necessário votar algum assunto relacionado a alguma denúncia ou arbitrariedade da própria empresa, como foi o caso do vazamento dos 35 litros de nafta”.

O episódio mencionado acima ocorreu no dia 25 de dezembro de 2019, quando houve o vazamento de aproximadamente 39 mil litros de nafta nos dutos da refinaria, causado por um furo. Apesar do alto risco envolvido, a gerência da Replan tratou o caso como incidente de segurança de processo, apontando em seu relatório o vazamento de apenas 35 litros de nafta, o que a eximiu de abrir procedimento de investigação de acidente.

Na opinião de outro candidato, o operador do HDT Marcelo Garlipp Tagliolato, a CIPA não se restringe apenas à prevenção de acidentes, mas se constitui como uma instância responsável por zelar pela saúde física e mental dos trabalhadores.

“A CIPA tem não somente a tarefa de evitar acidentes, mas também lutar pela melhoria das condições de trabalho, da saúde física e mental do trabalhador, fiscalizar contratos, treinamentos e a segurança das instalações. É um imprescindível instrumento de todos para evitarmos subnotificações e descaso da empresa quanto à segurança e saúde da nossa força de trabalho”, explica Garlipp.

Visão semelhante é compartilhada pela operadora do HDT e ‘cipeira’ por 11 mandatos, Laura Leal de Castro: “A CIPA é um espaço no qual devemos lutar pela melhoria das condições de trabalho no que diz respeito à saúde e segurança dos trabalhadores. Apesar de suas limitações, devemos utilizar esse espaço em defesa dos trabalhadores”.

A eleição, que será realizada por meio eletrônico, vai até a próxima sexta-feira (12).

O QUE

Eleição para a CIPA da Replan, mandato 2022/2022.

QUEM

Podem votar todos os trabalhadores da refinaria.

QUANDO

Das 8h do dia 5 de agosto até às 14h do dia 12 de agosto.

ONDE

A votação será realizada de maneira eletrônica, pelo sistema interno da unidade.

 

Confira abaixo os candidatos apoiados pelo Sindipetro-SP:

cipa

 

 

 

 

Adamec Rosalles Seccoli

Idade: 49 anos

Setor: IE

Tempo de casa: 16 anos

Mandato prévio: 8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Adilson Manoel dos Santos

Idade: 40 anos

Setor: OP/HDT

Tempo de casa: 16 anos

Mandato prévio: 3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anderson Aparecido Honório

Idade: 37 anos

Setor: MA/EI

Tempo de casa: 16 anos

Mandato prévio: Não

 

 

 

 

 

cipa

 

 

 

 

Antônio Carlos Franzolin

Idade: 42 anos

Setor: OP/HDT

Tempo de casa: 17 anos

Mandato prévio: 3

 

 

 

 

 

 

replan

 

 

 

 

Diacir Purcote Júnior

Idade: 50 anos

Setor: SMS

Tempo de casa: 16 anos

Mandato prévio: 6

 

 

 

 

 

 

replan

 

 

 

 

Fábio Vicente Rodrigues da Silva

Idade: 47 anos

Setor: OP/CCF

Tempo de casa: 14 anos

Mandato prévio:: 4

 

 

 

 

 

 

cipa

 

 

 

 

Guilherme Galdiano Basílio

Idade: 35 anos

Setor: RH

Tempo de casa: 15 anos

Mandato prévio: 1

 

 

 

 

 

 

cipa

 

 

 

 

Júlio César Ferreira

Idade: 37 anos

Setor: TEU/TE

Tempo de casa: 16 anos

Mandato prévio: 2

 

 

 

 

 

 

replan

 

 

 

 

Laura Leal de Castro

Idade: 46 anos

Setor: OP/HDT

Tempo de casa: 20 anos

Mandato prévio: 11

 

 

 

 

 

 

eleição

 

 

 

 

Lucimeire Araujo Sousa

Idade: 53 anos

Setor: TEU/UT

Tempo de casa: 17 anos

Mandato prévio: Não

 

 

 

 

 

 

eleição

 

 

 

 

Marcelo Garlipp Tagliolato

Idade: 52 anos

Setor: OP/HDT

Tempo de casa: 20 anos

Mandato prévio: 1

 

 

 

 

 

 

eleição

 

 

 

 

Márcio Pires de Toledo

Idade: 50 anos

Setor: IE

Tempo de casa: 11 anos

Mandato prévio: Não

 

 

 

 

 

 

cipa

 

 

 

 

Roberto Vasconcellos Rebolla Filho

Idade: 33 anos

Setor: OP/HDT

Tempo de casa: 11 anos

Mandato prévio: Não

Notícias Relacionadas

Sindipetro-SP lança central de WhatsApp para potencializar distribuição de conteúdos

Guilherme Weimann

Petrobrás distribui 138% do seu lucro à custa de corte de investimento e privatizações

Guilherme Weimann

A gestão da Replan está tentando te enganar…

Guilherme Weimann