Petroleiros definem Comissão que conduzirá escolha da nova diretoria do Sindipetro

Em assembleia online, trabalhadores votaram na chapa que coordenará processo eleitoral para escolha da próxima diretoria do Unificado

Nesta segunda-feira (22), uma assembleia virtual definiu os integrantes da Comissão Eleitoral que coordenará o processo de escolha da próxima diretoria do Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado – SP), para o triênio 2020/2023.

Trabalhadores de todas as bases elegeram a chapa única inscrita, que conta com os petroleiros Danilo Ferreira da Silva (Replan), José Carlos Corona (anistiado), Rogério Santa Rosa (Replan), Antônio Clemente Bezerra (Recap) e José Maurício Simo (Recap), todos filiados ao Sindipetro Unificado.

Os participantes da assembleia também elegeram Rogério Santa Rosa como presidente da Comissão, que se reunirá virtualmente nos próximos dias para decidir sobre os próximos passos do processo eleitoral.

“É uma função de extrema importância, pois tem o objetivo de garantir a democracia, a transparência e o estrito cumprimento do estatuto do sindicato para que o processo eleitoral transcorra de forma tranquila entre as chapas inscritas”, afirmou Santa Rosa.

A Comissão fará uma avaliação sobre a necessidade de realizar uma eleição virtual, para evitar o contágio e propagação do coronavírus. “Vamos nos reunir virtualmente, claro, para debater sobre as tecnologias disponíveis, seu grau de integridade e transparência, e, com certeza, decidir pela melhor forma de cumprirmos o estatuto na renovação da diretoria do sindicato”, explicou Santa Rosa.

A Comissão definirá nos próximos dias um calendário eleitoral, que será divulgado no site e nas redes sociais do Sindipetro Unificado.

Posts relacionados

Caravana unificada tem saldo positivo contra terceirizações em São Paulo

Andreza de Oliveira

Petroleiros fazem ato unificado na Revap contra terceirizações na Petrobrás

Guilherme Weimann

Por unanimidade, recondução da chapa provisória da Anapetro é aprovada

Andreza de Oliveira