Petroleiros conquistam distribuição gratuita de combustível para secretarias de saúde

Após reivindicação dos trabalhadores, Petrobrás anunciou que doará três milhões de litros de combustível para ambulâncias e manutenção de hospitais durante a pandemia

Volume de combustível abastecerá ambulâncias e hospitais por até três meses (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira (7), a Petrobrás anunciou que doará três milhões de litros de combustível para as secretarias estaduais de saúde. De acordo com a estatal, esse volume será suficiente para abastecer por até três meses as ambulâncias, os veículos de transporte de médicos e os geradores de energia de hospitais públicos vinculados às secretarias.

A BR Distribuidora, que foi parcialmente privatizada na gestão do atual presidente da Petrobrás Roberto Castello Branco, ficará responsável pelo transporte e logística de entrega do combustível em todo o país.

Para a diretora do Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP) e da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Cibele Vieira, a decisão foi positiva, mas demorou a ser tomada.

“A gente viu na época do Getúlio Vargas produtores queimando café. O mercado futuro de petróleo nos Estados Unidos chegou a ficar negativo. É isso que a Petrobrás ia esperar acontecer? Os estoques cheios de gasolina e diesel estavam levando ao estrangulamento do gás. Finalmente, a atual direção da Petrobrás, pelo menos nesse aspecto, olhou para a necessidade do Brasil”, afirma Vieira.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o consumo de gasolina recuou 35% e de diesel 20% em abril, em comparação com o mesmo período do ano passado. Com isso, os estoques ficaram cheios, o que obrigou a estatal a diminuir a produção de gás de cozinha (GLP) e gerou desabastecimento e elevação dos preços em diversas regiões do país.

A Petrobrás já havia anunciado a doação de 600 mil testes para covid-19 ao Sistema Único de Saúde (SUS) logo após o início do isolamento social, em março. Dois terços foram destinados ao Ministério da Saúde e 200 mil à Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. De acordo com a companhia, as doações para o combate ao novo coronavírus totalizam R$ 30 milhões.

Confira abaixo participação de Cibele Vieira em live do Sindipetro Unificado-SP, no dia 17 de abril, na qual reivindicava a doação de combustíveis pela Petrobrás:

 

Posts relacionados

Petrobrás rifa três plataformas por 0,1% do preço

Guilherme Weimann

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIAS

Ademilson Costa

A “nova gasolina” e os impactos da importação de combustível 

Andreza de Oliveira