Petrobrás anuncia que vai suspender contribuição extraordinária da AMS

Reunião da FUP com a empresa

Em reunião realizada dia 18 com a Gestão de Pessoas, FUP e FNP, a empresa informou que irá suspender a contribuição extraordinária da AMS do mês de julho. Esta foi uma exigência das entidades sindicais para que a negociação do Acordo Coletivo de Trabalho continue na próxima semana. Porém, a GP informou que não será possível suspender a contribuição do mês de junho, pois a folha de pagamento já está fechada.

A contribuição extraordinária feita pela Petrobrás descumpre o atual ACT, uma vez que foi imposto unilateralmente sem diálogo com os representantes dos trabalhadores. Nesta mesma reunião, a FUP solicitou que os responsáveis pelo setor apresentem os documentos de estudo do cálculo realizado pela empresa para análise das entidades sindicais.

Fonte: FUP

Posts relacionados

Covid-19: Testes para petroleiros sintomáticos é de responsabilidade da empresa

Sindipetro-SP

Sindipetro-SP cobra melhorias nos serviços oferecidos pela AMS em Ribeirão Preto (SP)

Guilherme Weimann

Descontos da AMS são maiores em novembro por conta do 13º salário

Andreza de Oliveira