Petrobrás altera edital de venda de edifício em Brasília

É o segundo adiamento do término do leilão da Edibra e entidades sindicais devem pedir sua suspensão

Petrobrás faz nova tentativa para vender seu edifício-sede em brasília
Petrobrás faz nova tentativa para vender seu edifício-sede em brasília

A Petrobrás alterou, nesta terça-feira (13), o edital referente à venda do Edifício Comercial Edibra, localizado em Brasília(DF). É a segunda vez que isso ocorre, já que em novembro o leilão também foi alterado.

O término estava marcado para o dia 6 de dezembro deste ano.Porém, em novembro, a Petrobrás alterou a data para esta sexta-feira (16). Contudo, na última terça-feira (13), outra mudança foi divulgada pela empresa, alterando a data de término para dia 16 de março de 2023.

O Edifício Edibra, que está localizado no Setor de Autarquias Norte, em Brasília (DF), e funciona como sede da estatal na capital federal. 

O Sindipetro-SP enviou um ofício ao Presidente da Petrobrás, Caio Mario Paes, pedindo a suspensão imediata da venda deste imóvel  e  que a futura gestão da estatal ,que deve assumir após a posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), delibere sobre os rumos de ativos estratégicos da empresa, tendo em vista o resultado das eleições presidenciais e os trabalhos realizados pelo Grupo de Transição do setor.

Posts relacionados

Os indicadores “melancia” da Petrobrás em Três Lagoas (MS)

Guilherme Weimann

Editorial: Já estamos vacinados

Guilherme Weimann

Na sua primeira agenda, novo presidente da Petrobrás recebe diretores sindicais

Guilherme Weimann