Na reta final das eleições da Petros, entidades pedem engajamento da categoria

Votação encerra no dia 9 de outubro e, mais do que nunca, é fundamental a participação e o engajamento da categoria petroleira

Centenas de petroleiros gritaram “A Petros é da categoria petroleira” e “Queremos o fim dos equacionamento”, em Ato Unificado no Rio de Janeiro

[Da imprensa da FUP]

A eleição para os Conselhos Deliberativo e Fiscal da Petros chega à reta final ainda com baixa participação dos eleitores da ativa e aposentados. O período de votação encerra no dia 9 de outubro e, mais do que nunca, é fundamental a participação e o engajamento da categoria petroleira.

A FUP, a FNP, a Fenaspe, a Conttmaf, a Fetramico e todas as entidades que integram a aliança nacional em torno da chapa Unidade para o Futuro da Petros, reforçam a importância da eleição de candidatos comprometidos com a defesa dos direitos dos participantes e assistidos.

“Essa é a eleição que irá definir o futuro do nosso fundo de pensão e é fundamental elegermos os candidados que integram a nossa chapa unitária, construída com muito esforço para que possamos garantir nos assentos da Petros companheiros capacitados e comprometidos com a defesa dos interesses coletivos dos participantes e assistidos”, afirma o coordenador geral da FUP, Deyvid Bacelar.

Ele faz um alerta para que a categoria não se deixe enganar por candidatos “que se dizem independentes e apolíticos”, lembrando que a Petros é um patrimônio coletivo que não pode ser posto em risco por “candidatos que compactuaram com o governo passado, ajudando a destruir a Petrobrás e, consequentemente, comprometendo o futuro da Petros”.

Portanto, é importante o voto consciente em candidatos comprometidos com o fortalecimento e a sustentabilidade dos planos da Petros é o que vai garantir o futuro da sua família.

No Conselho Deliberativo, estão em disputa duas vagas, sendo que uma deve ser obrigatoriamente preenchida por um candidato assistido. Cada eleitor só pode votar em uma dupla para o Conselho Deliberativo e em uma dupla para o Conselho Fiscal.

  • Aposentados e pensionistas votem 65 para o Conselho Deliberativo e 51 para o Conselho Fiscal

  • Ativos votem 66 para o Conselho Deliberativo e 51 para o Conselho Fiscal

Não deixe para votar na última hora. Veja abaixo a orientação da FUP e de seus sindicatos.

Candidatos com compromisso coletivo

A FUP, a FNP e todos os sindicatos petroleiros construíram a chapa Unidade para o Futuro da Petros, junto com as principais entidades e associações de âmbito nacional, que representam mais de 90% dos participantes e assistidos da Petros em todo o país.

Os candidatos dessa chapa unitária contam com o apoio da Confederação Nacional dos Marítimos (Conttmaf), da Federação das Associações de Aposentados (Fenaspe), da Federação dos Clubes (FCEPEs) sindicatos dos trabalhadores da BR (Sitramico-RJ e Sitramico-RS) e de diversas outras entidades de participantes e assistidos da Petros, como a Aepet, a Astape-BA, a Abraspet, os Cepes, entre outras.

Essa grande aliança nacional em defesa do futuro da Petros e dos participantes e assistidos lançou duas duplas de candidatos para o Conselho Deliberativo (65 e 66) e uma dupla para o Conselho Fiscal (51).

  • Dupla 51 – Silvio Sinedino (Sindipetro-RJ/AEPET) e João Antonio de Moraes (Sindipetro-SP) | Acesse aqui as propostas
  • Dupla 65 – Radiovaldo Costa (Sindipetro-BA) e Getúlio da Cruz (Astape-BA) –Aposentados e pensionistas | Acesse aqui as propostas
  • Dupla 66 – Vinícius Camargo (Sindipetro-RJ) e Rafael Prado (Sindipetro-SJC) –Participantes da ativa | Acesse aqui as propostas

 

Votar é simples e rápido

É possível votar por meio de três plataformas diferentes: pelo Portal Petros, pelo aplicativo Petros ou pelo telefone 0800 000 2830. É muito simples e rápido votar.

Veja abaixo o passo a passo e participe.

Posts relacionados

Petros anuncia empréstimos com juros mais baixos e prazos maiores para pagamentos

Vitor Peruch

Em ato no Rio, categoria dá ultimato à Petrobrás para resolução dos equacionamentos

Vitor Peruch

Entidades convocam ato contra equacionamentos; Sindipetro Unificado enviará ônibus

Vitor Peruch