Mídia repercute atos na Replan e Recap

“Petroleiros aderiram às manifestações contra os cortes do governo no orçamento da educação, que acontecem em todo o País. No Estado de São Paulo, empregados das refinarias Replan e Recap atrasaram em cerca de duas horas o início da jornada de trabalho pela manhã, informou o Sindicato dos Petroleiros Unificados de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP). O movimento não teve efeito na produção.”

Com essa abertura diversos sites de notícias, como o UOL, Isto É, Estado de Minas, Estadão, entre outros noticiaram as manifestações ocorridas na Recap e na Replan na manhã do dia 15, que atrasou a entrada do turno, em solidariedade à luta dos profissionais da Educação contra o corte de verbas, contra a reforma da Previdência e o desmonte da Petrobrás.

“Nossas mobilizações vão continuar, o olhar da mídia comercial sobre nossa categoria é um sinal de que começamos a incomodar os poderosos, isso é bom para nós”, comentou a coordenador do Sindicato, Juliano Deptula.