Gerência diz que soube do problema da Araubras pelo Sindicato

Na quinta-feira, 12, diretores do Unificado estiveram reunidos com a Gerência Geral dos Terminais da Transpetro (e com o RH por videoconferência) para tratar, principalmente, da denúncia feita pelo Sindicato de que a empresa Araubras está demitindo motoristas tendo como critério quem utilizou ou não o plano de saúde.

A gerência disse ter sabido da denúncia pelo informativo do Sindicato Em Linha e acionou o Departamento Jurídico para analisar o contrato. “A partir dessa análise, a Gerência se comprometeu a avaliar o que a Transpetro pode fazer”, informou o coordenador da Regional São Paulo, Felipe Grubba, presente à reunião.

Também foi apresentada a denúncia em relação ao dissídio dos motoristas da Araubras atrasado desde maio, segundo relatos que chegaram ao Unificado. A Transpetro ficou de verificar o que está ocorrendo.

 

Refeitório

Outro tema debatido foi sobre a falta de funcionários nos refeitórios durante os finais de semana, o que prejudica muito o pessoal do turno. Também nesse ponto, a empresa pediu um tempo para encontrar uma solução. “Foi uma reunião bastante prática, vamos aguardar e cobrar da Transpetro respostas”, afirmou o diretor Vereníssimo Barsante. Os diretores de base, Bibiano e Vagner (do terminal Senador Canedo) também participaram da reunião.

Posts relacionados

Transpetro ameaça trabalhadores por velocidade registrada com equipamento impreciso

Andreza de Oliveira

Apesar da cobrança da FUP, Transpetro inicia desconto do banco de horas nesta quarta

Guilherme Weimann

Sem detalhes ou valores, Transpetro alega erro em banco de horas

Andreza de Oliveira