Em nota, FUP questiona atitude antiética de Caio Paes de Andrade

Ex-presidente da Petrobrás participou de reunião do novo governo de São Paulo como secretário de Gestão e Governo Digital antes de renunciar ao cargo na estatal

Nota da FUP
Nota da FUP questiona Caio Paes de Andrade (Foto: FUP)

*Com informações da FUP

A Federação Única dos Petroleiros (FUP), entidade que abarca 13 sindicatos em todas as regiões do país, entre eles o Sindicato dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro-SP), questionou a atitude de Caio Paes de Andrade de, ainda no exercício da presidência da Petrobrás, ter participado, no último dia 2 de janeiro, de reunião do novo governo do estado de São Paulo, já na condição de secretário de Gestão e Governo Digital, através de convite feito pelo governador Tarcísio de Freitas (Republicanos). 

Para o coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar, “a atitude é antiética e, por isso, lamentável”.

A atitude representou um notório conflito de interesses. A participação de Caio Paes de Andrade na reunião, por exemplo, não foi informada ao mercado e aos trabalhadores da Petrobrás. O encerramento antecipado do mandato de Caio Paes de Andrade como presidente da Petrobrás somente foi formalizado pela empresa na manhã de 04 de janeiro de 2023, com efeitos a partir desta data.

Leia também: Representantes dos petroleiros não aprovam posse de novo presidente da Petrobrás

A nota da FUP comunica, ainda, que deverá ser mantida postura atenta às futuras atividades de João Henrique Ritterhaussen, presidente interino da companhia e diretor executivo de Desenvolvimento da Produção, cobrando que se exerça uma gestão interina favorável ao processo de transição, sempre com vistas ao cumprimento do interesse público da Petrobrás.

Posts relacionados

Assembleias do Sindipetro Unificado aprovam paralisação no dia 3 de outubro

Maguila Espinosa

Petrobrás apresenta contraproposta insuficiente para o ACT, opina FUP

Maguila Espinosa

GT paritário: Petrobrás anuncia fim da avaliação discricionária

Vitor Peruch