Festa de luzes e exposição para amantes de HQs

Dicas

Fernando Lopes, operador Cafor/Replan | Livro | Para aprender os fundamentos e técnicas gastronômicas, recomendo “Todas as técnicas culinárias – Le Cordon Bleu”, de Jeni Wright e Eric Treuille.

Hugo Henrique, aposentado Replan | Filme | “Tempo de Matar”, de Joel Schumacher, é um filme emocionante e mostra que a justiça deve ser feita sem qualquer tipo de preconceito.

Sandra Lopes, aposentada Replan | Música | “Pra não dizer que não falei das flores”, do Geraldo Vandré. Essa música foi lançada em plena ditadura militar e continua muito atual.


Cultura

Exposição : Batman 80

Para “compensar” o sucesso que seu arquiinimigo Coringa está fazendo nas telas de cinema, Bruce Wayne resolveu abrir ao público sua mansão e a batcaverna na exposição Batman 80, em comemoração ao octogenário herói morcegante.

A exposição conta, ainda com uma visita ao Asilo Arkham, ao apartamento da Mulher-Gato e ao covil do Coringa, em uma experiência totalmente imersiva. A exposição reúne cenografia, acervo com quadrinhos e outros itens raros, além de textos explicativos que contam a evolução e a importância de um dos personagens mais famosos do mundo.

Preço:  R$ 17,50 a R$ 45,00

De terça a sexta, das 12h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 21h – Até 15 de dezembro

Memorial da América Latina (Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Praça Cívica)

https://batman80expo.com.br/


Festival de Luzes

Outro programa muito legal acontece nos dias 26 e 27, no Monumento às Bandeiras. O encerramento do “Festival de luzes” recebe um espetáculo aéreo e musical de drones. Com o auxílio de trilha sonora e imagens sequenciais, a experiência é semelhante a de um balé aéreo realizado por vaga-lumes gigantes. Cada decolagem terá em média 8 minutos e ficará a uma altura de 70 metros do chão, acontecendo de 30 em 30 minutos entre 20h e 22h.



Esporte

Quem tira o título do Flamengo

Foto: ALEXANDRE DURÃO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Ao término da rodada do final de semana, o Flamengo continuava com a larga vantagem de 10 pontos à frente do Palmeiras, segundo colocado, jogando um futebol ofensivo, com o artilheiro do campeonato voando em campo. Nada parece ser capaz de lhe tirar o título de campeão brasileiro este ano. Mas a história prega peças e, às vezes, quando tudo é certeza, acontece o inesperado.

Relembre alguns casos:

2004 – campeonato espanhol

O Real Madri era uma constelação de craques como Zidane, Ronaldo, Raúl, Figo e David Beckham e chegou a abrir sete pontos do segundo colocado; tudo indicava que abocanharia facilmente mais um campeonato espanhol. No entanto, as 12 rodadas finais fizeram o sonho virar pesadelo. Sofreu seis derrotas nos sete jogos finais; terminou em quarto lugar e assistiu, frustrado, o Valencia erguer a taça.

 2008 – Campeonato brasileiro

Na início do segundo turno, o Grêmio venceu o São Paulo por 1 a 0 e disparou na liderança, com cinco pontos à frente do Cruzeiro e 11 do São Paulo. Na 33ª rodada levou um chocolate de 4×1 do rival Inter, rodou na curva e perdeu a liderança para o São Paulo, que se sagrou tricampeão naquele ano.

2009 – Campeonato brasileiro

A 13 rodadas do final, o Palmeiras seguia tranquilo na liderança, cinco pontos à frente do São Paulo. O comentarista Casagrande chegou a cravar o título para o verdão. Praga de corinthiano, o time foi despencando na tabela e viu o Flamengo arrancar para conquistar o título daquele ano. Comandado por Murici Ramalho, o Palmeiras nem chegou a uma vaga na Libertadores.