Categoria petroleira lota atos em defesa dos participantes e assistidos da Petros

Atos em defesa dos participantes da Petros foi realizado ontem (30) no Rio de Janeiro e nas bases da FUP

O objetivo da mobilização foi pressionar a Petrobrás e a Petros a darem uma solução definitiva para os problemas que ocasionaram os equacionamentos, apresentando alternativas que possam eliminar as atuais e novas cobranças que oneram, principalmente, os aposentados e pensionistas.

Além do Ato no Rio de Janeiro, foram realizadas mobilizações nas bases dos sindipetros: Bahia, Ceará/Piauí, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná/Santa Catarina, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul, pela FUP; além dos sindipetros Litoral Paulista, Rio de Janeiro e São José dos Campos, da FNP.

Caravana das Regionais Mauá e São Paulo
Caravana das Regionais Mauá e São Paulo

 

Caravana da Regional Campinas
Caravana da Regional Campinas

Reunião mensal dos aposentados

Devido ao ato no Rio de Janeiro, a reunião dos aposentados de Campinas, que ocorreria no dia 31 de maio, foi cancelada. Além disso, a reunião de junho, que inicialmente estava prevista para o dia 28 de junho, foi adiantada para o dia 21 de junho, às 14h.

Posts relacionados

Sindipetro Unificado debateu Inteligência Artificial em Seminário online

Maguila Espinosa

Vigília faz Petrobrás instalar Comissão com órgãos de controle para o fim dos PEDs

Maguila Espinosa

Petroleiros do Sindipetro Unificado fortalecem vigília contra os equacionamentos

Maguila Espinosa