Campanha arrecada alimentos e produtos de higiene em Campinas

Doações podem ser entregues em diversos pontos da cidade ou via transferência bancária até o dia 10 de abril

Doações também podem ser realizadas por meio de transferência bancária (Foto: Eric Gonçalves/Sindipetro-SP)

Em Campinas (SP), a Subsede da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e as frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo e Pela Vida e em Defesa do SUS estão promovendo uma campanha de arrecadação de produtos de higiene pessoal, limpeza e alimentos não perecíveis. Todos os itens serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade agravada pela pandemia da covid-19, que moram em bairros periféricos da cidade.

As doações também podem ser realizadas por meio de transferências bancárias para a conta da Associação de Educadores e Educadoras Sociais do Estado de São Paulo. A campanha vai até o dia 10 de abril.

Lockdown pela vida

Na última sexta-feira (29), Campinas bateu recorde de internações, com 434 pessoas ocupando leitos de UTI. O Sistema Único de Saúde (SUS) registra uma fila de 193 pacientes – 108 esperando por um leito de UTI e 85 por vagas de enfermaria, de acordo com a prefeitura.

Nesse cenário, movimentos populares têm realizado campanhas de conscientização sobre a importância do isolamento social. Entretanto, grande parte da população esbarra na falta de políticas públicas mitigatórias do impacto econômico causado pela pandemia.

“Não temos outro caminho que não seja a adoção simultânea de várias medidas que podem mitigar esse colapso. É necessário a aprovação imediata de um auxílio emergencial para que as pessoas possam colocar comida na mesa. É impossível lockdown sem comida na mesa. Por outro lado, é impossível sair dessa crise sem lockdown. Para isso, precisamos pressionar o poder público e praticar a solidariedade”, afirmou o médico sanitarista Pedro Tourinho, durante live da campanha.

Trabalhador do Sistema Único de Saúde (SUS), Tourinho relatou a grave situação dos aparelhos públicos de saúde do município. “Eu tenho atendido pacientes com covid-19 tanto no ambiente hospitalar, como em postos de saúde. E, infelizmente, a pandemia está fora de controle, comprometendo pessoas de todas as idades indistintamente. Nós temos muita gente jovem adoecendo atualmente. Tivemos a perda de um rapaz de 38 anos e de uma criança de 5 anos, sem nenhum comorbidade”, relatou.

Campinas já registrou 79.376 pessoas contaminadas e 2.255 mortes decorrentes do coronavírus.

 

CAMPANHA ALIMENTO E VACINA PARA TODOS

Subsede da CUT Campinas

Rua Culto à Ciência, 56 – Centro

Todas as quintas-feiras das 8h às 12h e das 13h às 17h

 

Sindae

Avenida Dr. Ângelo Simões, 725

Segunda à sexta-feira, das 9 às 16h – Telefone: 3733-3299

 

Conta bancária para contribuição:

AEESSP (Associação de Educadores e Educadoras Sociais do Estado de São Paulo)

Caixa Econômica Federal

Agência: 4073

Conta corrente: 1030-1

CNPJ: 11206884/0001-51.

Após doação, enviar comprovante para o e-mail: frentepelavidacampinas@gmail.com

Posts relacionados

Suspensão de coordenador da FUP ataca direito à organização sindical

Luiz Carvalho

Site permite questionar posicionamentos de políticos por meio de contato direto

Guilherme Weimann

CUT lança campanha em defesa das estatais

Luiz Carvalho