Bronca do Peão: Gerente de metas sem metas

Trabalhar sob as ordens do gerente da Destilação da Replan tem sido um verdadeiro teste de paciência e perseverança. Ele estabelece metas no GD sem negociar e cria metas que nem ele mesmo entende o que são. Além disso, ele não se preocupa, absolutamente, em treinar sua equipe para que essas tais metas sejam alcançadas.
Toda semana costuma cancelar várias ordens de manutenção, para ele mesmo executar o serviço. O próprio vai para a área e realiza a tarefa que acabou de cancelar. Ele já foi visto até apertando gaxetas de válvulas e drenando tomadas de instrumentos.
Por que ele age assim? Para não ter horas em carteira e manter seus índices em valores bons perante as gerencias superiores.

Recentemente, ele foi visto dirigindo dentro da refinaria com uma mão ao volante, enquanto usava o rádio com a outra, para se comunicar com a área. O mais estranho é que outros trabalhadores já foram advertidos por desrespeitar regras de trânsito nas instalações da Replan. E com o gerente, nada acontece?

 

Notícias Relacionadas

Na véspera de completar 12 anos, Quinta Total se reinventa nesta quarentena

Guilherme Weimann

De forma autoritária, Replan realiza testagem de Covid-19 nas folgas dos petroleiros

Guilherme Weimann

Sindicato orienta adm a não assinar o preenchimento de frequência reduzida

Ademilson Costa