Bronca do peão: é preciso valorizar as mulheres da Replan

Após anos de maus-tratos é hora de priorizar as mulheres e reparar desigualdades históricas; a começar pelo “vestiário” feminino

Por Bronca do Peão

A valorização das mulheres é uma pauta presente em todo discurso das atuais lideranças da Petrobrás, mas ainda estamos tratando as feridas de um passado recente e muito dolorido. Casos de assédio moral e sexual foram frequentes e recorrentes nos últimos anos.

Não podemos esquecer do que fizeram. Se por um lado houve um gestor que fez questão de dizer que o SMS da Replan não comportava mais mulheres, por outro lado temos o laboratório, onde as trabalhadoras ocupam a maioria dos postos de trabalho, e isso não foi suficiente para que fossem minimamente valorizadas e tratadas com dignidade.

Atualmente é gritante a gravidade da situação do vestiário feminino. O problema vem desde a gestão do finado gerente geral (nosso Voldemort da vida real) e foi absolutamente ignorado por aquele gestor que não nos queria aqui. O banheiro é apertado, não possui espaço para todas as trabalhadoras e algumas precisam sair do vestiário com a muda roupa nas mãos para guardar em outro lugar. A estrutura é precária e fere a NR 24, além de promover o constrangimento às nossas companheiras, ao não ter sequer condições dignas para trocar de roupa.

A situação do cubículo que chamam de vestiário é degradante e merece solução de curto prazo. Mas também é preciso pensar em soluções de longo prazo. Compreendemos a necessidade de uma solução provisória para tratar as dores que doem agora, mas não aceitaremos que os olhos sejam fechados para uma solução definitiva e duradoura às dores que tivemos ao longo desses anos. Esse é o exemplo das trabalhadoras do laboratório, que resistiram a diversos tipos de excessos e merecem atenção e reparação histórica.

Denunciaremos e cobraremos soluções de forma permanente!

 

Posts relacionados

Bronca do Peão: Big Brother Replan

Vitor Peruch

REPLAN – EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIAS

Ademilson Costa

Após confirmação de reunião com a nova presidenta, Unificado adia ato na Replan

Guilherme Weimann