Ato em solidariedade às vítimas de Brumadinho

Hoje,  dia  1º,   completam  sete   dias  de  mais   um grave  crime  cometido  pela  Vale  no Brasil. Por isso, a partir das 18h um ato em solidariedade às vítimas da tragédia será realizado na Praça da Sé, no centro de São Paulo.

A iniciativa é do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens) e foi construído por dezenas de organizações sindicais de trabalhadores, movimentos populares, entidades da sociedade civil e de defesa do meio ambiente, ativistas e simpatizantes das lutas populares.

O crime que matou centenas de pessoas, que destruiu lares, rios e florestas em prol de um modelo de exploração que visa somente o lucro não pode ser impune. Crime este cometido por uma empresa cujos interesses privados prevalecem sobre a vida das pessoas e do meio ambiente.

Será o sétimo dia de muita tristeza e indignação; o sétimo dia em que um dos principais rios do país, o São Francisco – “O Velho Chico” – está sob ameaça de grave contaminação.

Em meio à dor do crime, a solidariedade aos atingidos por barragens é fundamental para que se fortaleçam os laços de afeto, união, justiça social e a compaixão entre as pessoas. Também é importante para que se reafirme a necessidade da construção de uma sociedade mais justa e igualitária.  Os atingidos precisam fortalecer sua organização para serem ouvidos e garantir seus direitos.

Que o ecoar de dor seja a semente da Luta, a união e a solidariedade por todo o Brasil.

 

ATO EM SOLIDARIEDADE AOS ATINGIDOS DE BRUMADINHO/MG

Data: 1º de fevereiro de 2019 – sexta-feira

Horário: 18 horas

Local: Praça da Sé – São Paulo/SP

(em frente à Catedral)