Anistiados debatem democracia e Lei da Anistia


No Dia Internacional da Declaração Universal dos Direitos Humanos da ONU, comemorado dia 10de dezembro, petroleiros anistiados do Unificado participaram da audiência pública “Em Defesa das Liberdades Democráticas e Lei da Anistia”, realizada na Câmara Municipal de São Paulo.

Segundo o petroleiro anistiado Antônio de Moraes Zago, um dos assuntos com maior destaque na audiência foi o desmonte promovido pelo governo brasileiro e os ataques contra os direitos dos anistiados. “Enfrentamos um momento muito grave e precisamos nos organizar para fortalecer nossa resistência contra esse governo autoritário, que ameaça a liberdade democrática, e em defesa da anistia, da nossa história de luta”, declarou.


O debate foi organizado pela Plenária Paulista Anistia e Reparação, coletivo formado por diversas organizações que defendem o ressarcimento e justiça às vítimas da ditadura brasileira. Além dos petroleiros, a cerimônia teve a participação de representantes da OAB, membros do Movimento Nacional dos Direitos Humanos e do Instituto Vladmir Herzog e dos vereadores do PT, Juliana Cardoso e Eduardo Suplicy.

Posts relacionados

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA – ANISTIADOS

Ademilson Costa

Caravana dos anistiados a Brasília acontece em agosto

Andreza de Oliveira