TST julga dia 11 bloqueio de contas do sindicato

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) marcou para quarta-feira o julgamento do recurso da FUP e dos Sindicatos contra a decisão do Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, juiz Ives Gandra Martins Filho, de bloquear as contas bancárias dos sindicatos (incluindo o Unificado) e autorizar a Petrobrás a não efetuar os repasses das mensalidades até que a multa (de R$ 2 milhões ao dia por sindicato) imposta pelo movimento dos trabalhadores na semana passada seja quitada.

Posts relacionados

Petrobrás divulga fake news sobre tabelas de turno para seus trabalhadores

Guilherme Weimann

Para pesquisadora, terceirização reduz direitos e fragiliza ação sindical

Andreza de Oliveira

Petrobrás descontará horas da greve mesmo com jornada reduzida no teletrabalho

Guilherme Weimann